10 de Janeiro de 2016

AMAMENTAÇÃO X EXERCÍCIO FISICO: MITOS E VERDADES

GG

A prática de exercícios físicos durante o período de amamentação pode interferir na produção de leite?

É comum ouvirmos perguntas como essa não somente de mulheres no período pós-parto que estão iniciando ou retomando a prática de atividades físicas, mas também é um questionamento feito pela população em geral. Felizmente essa temática vem sendo bastante discutida, estudada e observada por profissionais das mais diversas áreas de atuação.
 

Antes que essa dúvida seja respondida, é necessário sabermos que o início ou o retorno ao exercício no período pós-parto deve ser realizado de maneira gradativa, não somente pela preocupação com a amamentação, mas também por todas as alterações corporais que ocorreram durante a gravidez. Portanto a periodização de seu treino deve ser realizada por um profissional que entenda do assunto, dosando o treinamento numa intensidade adequada, manipulando corretamente volume e intensidade. 

«««

Um programa de treinamento intenso consome muita energia e o processo de produção de leite também. Estudos mostram que durante a fase de amamentação é produzido entre 800 e 1200 ml de leite/dia e, para cada litro produzido, há em média um gasto de 900 calorias. Portanto se o volume e/ou intensidade dos exercícios forem elevados e a puérpera não estiver seguindo uma alimentação e uma hidratação adequada o processo de lactação poderá ser prejudicado (devido ao alto gasto energético).

Outro fator analisado nas pesquisas relaciona intensidade e volume elevados durante o treino com o aumento de ácido lático no leite materno, ou seja, quanto maior a intensidade e/o volume, maior a concentração de ácido lático no leite. A grande discussão gerada através desses resultados é que se esse ácido lático poderia modificar o sabor do leite e com isso o bebê passaria a não aceitá-lo, deixando de mamar. Se o bebê não mama o organismo não tem estímulo para realizar a lactação. Não havendo mais esse estímulo o leite realmente poderia deixar de ser produzido. Dessa forma o exercício estaria interferindo de maneira indireta no processo de lactação. 

JJ

Portanto, procure um profissional que saiba organizar a sessão de treino, manipulando de maneira correta as variáveis, contribuindo assim de maneira positiva para esse período tão especial.

Por - Fabiano Henrique Justino - Educador Físico e Personal Trainer - CREF 026642-G/MG

Compartilhar

busca

Lyvia Mendes

Uma pessoa de bem com a vida, que com reeducação alimentar e atividade física conseguiu eliminar mais de 25kg e se sentiu com a necessidade de ajudar a quem quer ou precise.

novidades

Receba novidades em seu e-mail e participe de promoÁűes, sorteio de brindes e muito mais!

Masculino

Feminino

© Copyright 2013 - Blog Dieta Eterna. Todos os direitos reservados.

by MediaPlus