01 de Outubro de 2014

SONO X HIPERTROFIA MUSCULAR

jj

Por Dr. Alexandre Ramos

Noites mal dormidas podem prejudicar resultados e desempenhos?

Essa é uma dúvida muito frequente , não só no mundo fitness ou dos atletas , mas do público em geral.

E a resposta é:SIM

Em um primeiro momento, passar mais de 24 horas sem dormir pode ocasionar confusão mental, lentificação do raciocínio e da coordenação motora, dificuldades de memorização, irritabilidade e até alterações fisiológicas como hipoglicemia e alteração da pressão sanguínea.

hh

Em um segundo momento essa privação de sono prolongada aumenta muito os riscos de diabetes, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, envelhecimento precoce, problemas sexuais, déficit de crescimento em crianças e adolescentes,  infecções, obesidade e perda de massa muscular entre outros.

Os mecanismos fisiológicos e bioquímicos causadores dessas situações são inúmeros e complexos, mas hoje iremos nos ater a apenas um deles - A perda ou não ganho de massa muscular.

Para isso vamos primeiramente entender um pouco mais o que é o Sono.

 Os fins e os mecanismos do sono ainda não são inteiramente claros para a ciência, mas são objeto de intensa investigação e de uma coisa se tem certeza absoluta - Dormir ou descansar é fundamental para o bom funcionamento de várias funções do nosso organismo.

 Pode definir-se sono como uma alteração ou redução do estado consciente, que dura, em média 8 horas, em cada período de 24 horas, e resultando, geralmente, em sensação de energia física, psíquica e intelectual restabelecida.

333O sono é dividido em ciclos que variam entre 4 e 5, conforme a idade, e cada ciclo dividido em 5 estágios de sono, 4 N-REM (Non Rapid Eye Movement ou "Movimento Não Rápido dos Olhos") e 1 REM (Rapid Eye Movement ou "Movimento Rápido dos Olhos" ).

 Estágio 1:

O corpo relaxa, descontrai os músculos que passam, muito tempo durante o dia, tensos. A respiração fica mais suave, melhorando a pressão sanguínea.

Estágio 2:

A temperatura corporal, os ritmos cardíacos e a respiração se tornam menores, além das ondas cerebrais ficarem mais longas e aparece o complexo K no EEG

Estágio 3:

Tem muitas semelhanças com o estágio 4. Nessas fases, os estímulos necessários para acordar são maiores. Do estágio 3 para o estágio 4, há uma progressão da dificuldade de despertar.

Estágio 4:

Este estágio N-REM do sono caracteriza-se pela secreção do hormônio do crescimento em grandes quantidades, promovendo a síntese proteica, o crescimento e reparação tecidual das fibras musculares que sofreram rompimentos e estresse durante o treino muscular, inibindo, assim, o catabolismo.

É primordial para que a pessoa "cresça".

O sono N-REM tem, pois, um papel anabólico, sendo essencialmente um período de conservação e recuperação de energia física.

Sono REM ou Estágio 5:

É relacionada ao cérebro. É nesta fase que se faz a manutenção da memória, fixa informações pertinentes e exclui aquelas que não são necessárias. Os músculos ficam paralisados, enquanto que os dedos das mãos e dos pés costumam se contrair e os olhos se movimentam rapidamente sob as pálpebras (dai o nome). A respiração fica mais rápida e o fluxo de sangue para o cérebro se torna maior.

jj

Portanto o ganho de massa muscular, e ou a diminuição da gordura corporal, é feita, através de exercícios físicos, além de uma alimentação saudável. Porém, como vemos essa não é a única "formula".

A musculatura, durante o treino, sofre um grande estresse. Esse estresse causa quebras das fibras musculares, as quais são necessárias para o aumento muscular, pois, a partir da destruição das fibras, ocorre a demanda por aminoácidos, responsáveis pelo aumento das mesmas, consequentemente tornando o músculo maior com a adição de novas células musculares.

Entretanto, isso não ocorre durante o treino e, sim, após o mesmo.

É durante esse período que o corpo se nutre de forma a repor as células perdidas. Os músculos se constroem, principalmente após a liberação de hormônios que estimulam a construção celular. Estudos já mostraram que na infância, 90% do hormônio do crescimento (GH) é produzido durante a primeira fase do sono profundo. Para adultos, a maioria dos lançamentos diários de testosterona nos homens ocorrem durante o sono também.

Todas as fases do sono são necessárias para que o corpo se refaça do estresse, físico e psicológico, passado durante o dia. Por isso, uma boa noite de sono é importantíssima para que o praticante de musculação consiga ter os benefícios esperados pelo treino, pois de nada adianta treinar intensamente, alimentar-se bem e suplementar e não fazer a reconstrução celular durante o período de sono.

Outros hormônios como a Leptina e a Grelina que ajudam a potencializar o metabolismo de glicose e gorduras e tem importante papel no controle do apetite, têm seu aumento na corrente sanguínea durante o sono, também.

33

Com isso concluímos que para conseguir os benefícios reais da musculação é necessário ter uma boa noite de sono, para que esta construa as células perdidas, aumentando as fibras dos músculos, além de proporcionar a manutenção de todas as funções do corpo, as quais nos mantêm saudáveis.

Por isso, faz parte de uma construção muscular completa a prática regular de exercícios físicos, a alimentação equilibrada, a hidratação e os ciclos completos do sono.

 Então torne o sono uma prioridade na sua vida!

 Abraços do Dr.

Compartilhar

11 de Setembro de 2014

Anticoncepcionais X Ganho de Massa Muscular

Dr. Alexandre Ramos - Cirurgião Plástico e Generalista
Dr. Alexandre Ramos - Cirurgião Plástico e Generalista

Anticoncepcionais prejudicam o ganho de massa magra?

Infelizmente a resposta é sim!

        Agora vamos tentar entender um pouco o porquê disso.

        A função de uma pílula anticoncepcional é inibir a liberação dos ovócitos (óvulos não fecundados) pelos ovários, processo conhecido como ovulação que acontece em média 14 dias antes da menstruação.
        Esse processo se faz pela liberação de dois hormônios: estrógeno e progesterona . O estrógeno muitas vezes é responsável pelo aumento do apetite e como consequência o ganho de peso , mas não que aja
influenciando no ganho direto de peso. A progesterona pode auxiliar na retenção de líquidos e no caso da “pilula do dia seguinte” que é composta de uma grande quantidade de progesterona, pode inclusive
prejudicar seu rendimento na academia.

ll

        Mas vamos ao ponto em que a ação desses hormônios prejudica de forma direta o seu ganho de massa magra.

        A diferença encontrada entre os grupos de pessoas usuárias e não usuárias de anticoncepcionais orais parece estar relacionada principalmente com a diferença na concentração de hormônios envolvidos no crescimento muscular, bem como os envolvidos na degradação muscular.

       Mulheres que usam pílulas têm menores níveis de hormônios anabólicos.

       Como estamos ingerindo algo exógeno (“que vem de fora”), nosso corpo diminui a produção de hormônios endógenos (produzidos pelo corpo). Desta forma, os níveis de estradiol, progesterona e
testosterona diminuem e interferem nos níveis de cortisol.

555

        Os anticoncepcionais administrados por via oral estimulam a produção pelo fígado de uma proteína chamada Sexual Hormone Binding Globulin (SHBG) ou Globulina Ligadora de Hormônio Sexual e essa se liga de forma muito intensa à testosterona total, diminuindo sua forma livre que é a forma ativa do hormônio.

        Esta situação ocorre tanto nas usuárias de pílula anticoncepcional, como nas mulheres que fazem reposição hormonal na menopausa, com hormônios tomados via oral.

        A testosterona é um hormônio esteróide (formado a partir do colesterol) importantíssimo na mulher, mesmo com valores de 20 a 30 vezes menor do que os homens. O declínio deste hormônio (que já é mais baixo nas mulheres) pode gerar um estado de deficiência que se manifesta insidiosamente por diminuição da função sexual, do bem estar, da energia, leva ao catabolismo (perda de massa magra), ganho de gordura e perda de massa óssea.

        Atualmente, orienta-se as pacientes usuárias de anticoncepcionais orais a dosar pelo menos semestralmente a testosterona total e livre, o SHBG, testosterona biodisponível e o estradiol. 

j

       Caso os exames revelem alterações, segundo análise de seu médico, as opções são:


- Suspender o uso do contraceptivo e/ou utilizar outro método;

- Ou o uso de fitoterápicos específicos que podem ajudar a aumentar a testosterona e/ou controlar o SHBG, como a crisina e o saw palmeto junto com algumas alterações na dieta , com enfoque mais em controle do índice de aromatase ( uma enzima que participa de todo esse processo). Por isso, o papel do Nutricionista em todo o processo se faz importante.

        Hoje se tornou mais comum usar derivados bioidênticos (substâncias hormonais que possuem exatamente a mesma estrutura química e molecular encontrada nos hormônios produzidos no corpo humano), todos sempre com acompanhamento de um medico.

        Portanto, como vimos, existe uma ligação sim entre o uso de contraceptivos orais e “menor ganho” de massa magra.

00

       Mesmo treinando e fazendo dieta sempre faça tudo sob orientação de um nutricionista esportivo e um médico para que sempre se obtenha os melhores resultados desejados!


Abraços do Dr.

Compartilhar

30 de Agosto de 2014

Cirurgia Estética X Mudanças de Hábitos

kkkkk

     Minha primeira coluna para o Dieta Eterna!

     A estreia é sempre tensa, mas vamos lá!

    Perdi as contas de quantas vezes já ouvi: "Para que me matar na academia e ficar comendo frango sem sal se posso fazer uma plástica".

CIRURGIA PLASTICA OU MUDANÇA DE HABITOS?

    Ambos têm prós e contras, então vamos falar sobre alguns e tirar nossas conclusões.

    A cirurgia é rápida e sem esforço e nas mãos do profissional certo faz verdadeiras esculturas em nosso corpo, porém existem riscos inerentes a qualquer procedimento cirúrgico e algumas intercorrências que PODEM ou NÃO ocorrer no pós operatório, como dores, edemas, processos infecciosos. Situações que muitas vezes fogem do "controle" de nós médicos.

kkkkk

 

     Mudanças de hábitos são lentas e sofridas muitas vezes, até porque nosso cérebro precisa de um período de "adaptação". Você terá que deixar de comer coisas que te causam um prazer extremo, principalmente devido à liberação de SEROTONINA e tudo isso faz com que a maioria das pessoas desista em pouco tempo, porém depois que passamos por essas "barreiras" os benefícios para nosso corpo e para nossa saúde tendem a ser permanentes e muito prazerosos pela satisfação do: "Eu consegui"

    A cirurgia estética, em minha opinião, deveria ser o recurso final.

    No momento em que a pessoa já criou hábitos saudáveis, de como se alimentar corretamente, se exercitar, não ingerir bebida alcoólica, não fumar e mesmo assim ainda persiste aquela gordurinha chata de anos de hábitos ruins; aí sim caberia uma correção estética. Mas mesmo assim, este excesso pode ser um leve distúrbio hormonal que ao ser corrigido, ela "queimaria" com mais facilidade.

kkkk

    Muitas vezes a pessoa se submete a um procedimento cirúrgico onde se corre riscos, como já foi dito, sem mudar o fator causador desse "excesso" e após alguns meses ou poucos anos lá está ela de novo... a "danada" da gordurinha.

    Nesse ponto posso falar com propriedade porque já estive de ambos os lados, como médico e como paciente.

    Já tive uma vida não muito regrada e fiz uma lipoaspiração, na época fiquei muito satisfeito com o resultado, até porque o cirurgião era um ótimo médico e grande amigo, porém não me reeduquei e como conseqüência os excessos (gordura acumulada) voltaram.

    Hoje com muita força de vontade e algumas mudanças simples eu me reeduquei e estou caminhando para atingir a forma física que desejo e o mais importante de tudo, com SAÚDE!

   Cada um tem a sua "felicidade". Você não precisa recorrer à formulas mágicas, exercícios extenuantes ou cirurgias milagrosas para ter o corpo desse ou daquele. Você precisa sim ter o SEU CORPO, adaptado as SUAS NECESSIDADES e com SUA SAÚDE em dia.

NUNCA seja um obstáculo para si mesmo.

Abraços do Dr.

Por Alexandre Ramos

Compartilhar

busca

Lyvia Mendes

Uma pessoa de bem com a vida, que com reeducação alimentar e atividade física conseguiu eliminar mais de 25kg e se sentiu com a necessidade de ajudar a quem quer ou precise.

novidades

Receba novidades em seu e-mail e participe de promoções, sorteio de brindes e muito mais!

Masculino

Feminino

© Copyright 2013 - Blog Dieta Eterna. Todos os direitos reservados.

by MediaPlus